sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Arte efémera: esculturas fantásticas em areia, neve e gelo. Presépio do nascimento de Cristo. Monumentais figuras humanas e de animais

O Presépio: cena do nascimento de Cristo
As esculturas aqui exibidas são criações da escultora holandesa Susanne Ruseler. Sáo esculpidas na areia.  Bichos monumentais, figuras humanas,  são o resultado de dez anos de técnica aprimorada pela jovem  e talentosa artista, um dos mais celebrados nomes da arte efêmera em todo o mundo na atualidade. Ela trabalha com neve, gelo e areia. 
Por meio de suas esculturas,  as pessoas são transportadas para  lugares como:  São Petersburgo, na Rússia,  Madrid Capital da Espanha,  Tel Aviv, capital de Israel  e Coreia do Sul. Suas esculturas são incrivelmente complexas,e  envolvem a combinação de muitas figuras na composição das cenas. Veja alguns dos trabalhos da artista e depois assista a um pequeno vídeo de um minuto e meio, onde ela fala de seu brilhante trabalho. Espero que você goste. Eu amei !


Bailarinas coreanas 

Contadora de histórias 

                                             
                                        O que passa na cabeça dessa bonita senhora ?


Belíssima cena com um leopardo, um cachorro e os gatinhos, vivendo em perfeita harmonia
 Gorila com seu filhotinho
O Gorila na sua tranquila maturidade

     Fonte:   Intrincadas escultura em areia. Cenas por Susanne Ruseler. Disponível em:

         Vídeo abaixo, de um  minuto e meio, a artista explica seu trabalho, que já foi exposto

 em várias partes do mundo. Confira !                                      

                        http://www.youtube.com/watch?v=HN96pjKdIvA           

Vamos praticar ?  

Qual a cena que mais lhe tocou impressionou  ?    

Crie uma historinha em conjunto com os colegas da turma. 

Não esqueça de ilustrar. Bom trabalho ! 


quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Livro o testamento de uma árvore. Os direitos da árvore. O dia da árvore no Brasil e a chegada da primavera. Interpretação de texto


O dia da árvore no Brasil. A chegada da primavera

No Brasil, o dia da árvore    é comemorado em 21 de setembro,  véspera da chegada da primavera no Hemisfério Sul. 
É nesta estação que as árvores ficam repletas de folhas verdes e, em muitas delas, surgem lindas flores e frutos. 
Nas Regiões Norte e Nordeste do Brasil  as árvores costumam ser homenageadas também na última semana de março, época do início do período das chuvas e das plantações  naquelas regiões.
A árvore é o símbolo maior da natureza. Plantar, cuidar, proteger e defender as árvores  é  importante. Elas  têm funções importantes para o meio ambiente:  refrescam, dão sombra, são barreiras contra o vento, ajudam a manter a umidade do ar, diminuem a poluição, mantêm o solo firme e servem de abrigo para pássaros e outros animais. Fornecem  madeira,  carvão, frutos,  flores e as matérias-primas para a fabricação de papel, remédios e uma 
Um pé de laranja carregado da furta
infinidade de produtos. Ao derrubá-las, devemos replantá-las, pois o reflorestamento ajudam a preservá-las.
No Brasil, cada região escolheu uma árvore típica como seu símbolo: 
1. Região Norte -  a castanheira; 
2. Região Nordeste -  a carnaúba; 
3. R.    Centro-Oeste -  o ipê-amarelo. 4. Reg. Sudeste - o pau-brasil; 
5. Reg.  Sul o pinheiro-do-paraná. 
 Agora, vamos conhecer o  testamento de uma árvore, ou seja, o que ela deixará para seus  amigos, depois que deixar a Terra.  



O testamento de uma árvore 


Uma árvore do bosque chama um pássaro e faz seu testamento.  Pede que ele escreva:

- Deixo minhas flores aos tristes, para colorir suas vidas
- Deixo minhas folhas ao vento, para que dancem  com as crianças numa alegre ciranda.

- Meus  frutos, deixo aos que cuidam da terra e dela tiram seu sustento.

- A você, que tantas vezes alegrava-me com suas cantigas, deixo doces e tenras sementes.

- E que meus ramos, quando bem sequinhos, sejam o fogo que aquece a morada do pobre. 


Agora conheça os direitos  da árvore:


Um dia estava a andar pelo bosque encantado.

Dei de cara com uma árvore que estava a lamentar.

A árvore dizia:

" Hoje vou escrever os direitos que devo ter.

Depois irei ler para todos saberem!"
E a árvore começou:
Toda árvore tem direito a:
"CRESCER"
"SER TRATADA COM MUITO CARINHO E AMOR"
"SER REGADA DIARIAMENTE"
"SER PROTEGIDA CONTRA QUEIMADAS E DESMATAMENTO".

Se tudo isso for cumprido, eu darei a vocês por muito tempo bons frutos, sombra e o mais puro ar.


Agora, veja na forma de um pequeno livro intitulado: o testamento da árvore 











Interpretação de texto:

1) Qual é a data da chegada da primavera no hemisfério sul ? 
2) Em que hemisfério fica o Brasil: norte ou sul 3) Em que mês as árvores são homenageados no Norte e Nordeste do  Brasil e por quê ? 4) Cite as árvores-símbolos de cada região do Brasil. Faça o desenho de cada uma delas. 5) Destaque os nomes e os galardões dos contemplados no  primeiro testamento da árvore.  6) O que você  achou dos direitos da árvore Escreva a sua própria versão sobre os direitos da árvore. Não esqueça de ilustrar. Bom trabalho! 

Referências:



Imagens do Google. 

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Poesias infanto-juvenis - Comédia entre os Bichos. A Galinha cor-de-rosa. Desenho Animado. Biografia de Duda Machado. Interpretação de texto


casal de elefantes  com  o filhote 
Os poemas abaixo são de autoria do poeta baiano Duda Machado. São historinhas curtas com animais que o público infanto-juvenil muito aprecia. Por isso, podem ser trabalhados como recursos  de interpretação e produção de textos na sala de aula, bem como nas atividades de ciências. Espero que os colegas gostem e aprovem. 
Casal de bois
holandeses










 COMÉDIA ENTRE OS BICHOS

BIGODE ERA O NOME DE UM GATO,
MOLHADO ERA O NOME DE UM PATO.
TROMPETE ERA O DO ELEFANTE
E O DO BOI ERA RUMINANTE

BIGODE IA SEMPRE AO BARBEIRO,
UM BODE DE NOME ESTRANGEIRO,
QUE NÃO FAZIA O CAVANHAQUE
E SÓ FALAVA COM SOTAQUE.
                                                   
MOLHADO ERA AMIGO DE UM CÃO,
UM MASTIM CHAMADO LOBÃO.
QUE TINHA UM LATIDO BEM TRISTE
E ERA FÃ DE MEL COM ALPISTE.

TROMPETE GOSTAVA DE ROSA,
UMA COBRA MUITO DENGOSA.
QUE SEU CORPO TODO ENROSCAVA
SEMPRE QUE TROMPETE PASSAVA.

RUMINANTE ERA UM BOI SABIDO
QUE ADORAVA A VACA ROSADA,
POR ISSO SOLTAVA UM MUGIDO
AO VER O LEITEIRO NA ESTRADA.


Cobra coral
Pato e sapos na lagoa 





Mostre que você  entendeu o que leu:
Bode branco sem cavanhaque




1) Qual é o título do poema?
2) Quantas  estrofes e quantos versos  tem? 
3) Quantos e quais são os animais citados no poema? 
4) Identifique no texto: 
   
Bode branco de cavanhaque
      
    a)  palavras que rimam com      barbeiro e  cavanhaque;
      

      b)  os nomes dados seguintes animais no texto:  boi-  o gato  -  o pato.
5)  De quem Molhado era amigo Fale  sobre esse amigo de Molhado.        
6) Escolha a estrofe que você mais gostou no poema escreva-a no caderno. 
A Galinha cor-de-rosa
toda luxuosa
O Galo e a Galinha












      POEMA  -  A GALINHA COR-DE-ROSA

Galinha e seus ovos
Era uma galinha cor-de-rosa,
Metida a chique, toda orgulhosa,
Que detestava pisar no chão
Cheio de lama do galinheiro.
Ficava no alto do poleiro
E quando saía do lugar,
Batia as asas para voar.
Mas seus pés acabavam na lama.
Aí armava o maior chilique,
Cacarejava, bicava o galo,
E depois, com ar de rainha,
Lavava os pés numa pocinha. 

Vamos praticar ? 
1) Escreva  o título desse poema  e diga  quantos versos tem. 2) quem é a principal personagem do texto ? Descreva- a. O que mais lhe chamou atenção nesse poema ? 
                                   
                       Poema - DESENHO ANIMADO

Cachorro e Gato, como bons amigos 
Justo na curva em que a estrada se entorta,
Iate de luxo
Tem um piquenique só de marmota.
Na praia um camelo vende sorvete
E um gato sonha que o mar virou leite,

Ganha na loto com a grana do rato,
Compra um iate e acha tudo barato.
É quando uma onça cheia de pinta
Mergulha o rabo na lata de tinta

E, sem olhar, pinta a palavra fim
No muro branquinho lá do jardim.

Marmotas - animais roedores
Onça pintada, espécie quase em extinção,
no Brasil

Vamos praticar ?

1) Qual o nome do poema  e quantos versos tem?
2) Onde se realiza o piquenique ? Quem participa? 3) Cite os animais que  

estão na praia  e as atividades de  cada um deles.  


UM POUCO  DA BIOGRAFIA  DE DUDA MACHADO, AUTOR DOS POEMAS 

Patinhos recém nascidos 

Nasceu em Salvador, em 1944. Formado em Ciências Sociais, interessou-se também por cinema e música popular. 

Além de poeta, ensaísta e tradutor, Duda Machado é também professor de literatura na Universidade Federal de Ouro Preto, Minas Gerais. 
Cão amigo do gato

Em 1977 publicou seu primeiro livro de poemas.   Em 2005, numa  parceria com o ilustrador Guto Lacaz, publicou os seguintes livros:  
Histórias com Poesia; Alguns Bichos & Cia;  Tudo Tem a sua História.

Mostre o que você aprendeu:
1) Quantos poemas você acabou de ler Quem é o autor? Onde e quando ele nasceu ? Estamos em 2013.  Faça o cálculo da  idade do autor.  2)Quais são os livros escritos e publicados por ele ? Quem fez as ilustrações ? 3) Qual foi o poema que você mais gostou ? Reescreva a história com suas ideias e sua versão dos fatos. Não esqueça de ilustrar. Observe as imagens que postamos nos textos para se inspirar. Bom trabalho ! 

Referëncias
Portal de Antonio Miranda. Disponìvel em:
Todas as imagens são do Google. 

domingo, 22 de setembro de 2013

Conheça as dez espécies mais estranhas e bizarras de tartarugas. As dez espécies de tartarugas mais ameaçadas de extinção no mundo

A tartaruga está sendo ameaçada de desaparecer no mundo inteiro.  Neste post você irá conhecer as dez espécies mais incomuns, ou seja, as mais bizarras e estranhas  do mundo. 

No final, acesse o link  original para ler  o texto sobre as tartarugas mais  bizarras e as dez espécies mais ameaçadas de extinção.  Bons estudos ! 

10. A tartaruga espinhosa



Essa  espécie   é encontrada apenas no sudeste da Ásia, onde é caçada para servir de alimento naquele populoso continente. Por isso está desaparecendo. 
O casco dessa tartaruga possui a forma de uma engrenagem, com um conjunto de espinhos mais altos ao redor da borda. Em espécimes mais jovens, esses picos são mais nítidos, mas vão se tornando mais arredondados com a idade.
Essas estruturas  afastam os predadores. Os espinhos também atuam como camuflagem, disfarçando a tartaruga no meio de folhas secas, juntamente com a cor marrom.  

9. Tartaruga chinesa de carapaça mole


Essa tartaruga é nativa da China, Japão,  Taiwan, norte do Vietnã e  leste da Rússia. Tem  casco mole. Ela elimina urina pela boca,  o que não foi observado antes em qualquer outro animal. Essa capacidade estranha permite que as tartarugas sobrevivam em água salgada, porque, desta forma, ela não perde tanto líquido de seu corpo e não há necessidade de substituí-lo constantemente. 

8. Tartaruga do Rio Mary



Essa espécie de tartaruga é encontrada exclusivamente no Rio Mary, em Queensland, na Austrália. Sua cor pode variar: existem tartarugas vermelhas, rosas, marrons ou pretas. A cabeça é pequena,  enquanto a cauda é extremamente longa quando comparada com o seu corpo. Seu rabo pode chegar a ter o mesmo comprimento do seu próprio corpo.
Essa espécie passa a maior parte de sua vida no rio,  por isso, as algas (como as que você vê na foto) crescem em seu corpo, servindo, inclusive,   para camuflagem, ajudando a defendê-las dos predadores. As algas na cabeça, geram uma espécie de cabelo  muito moderno. Isso resultou no apelido de “tartaruga punk rock”, para essa espécie.

7. A tartaruga espinhosa de casca mole


Possuem uma aparência única, com uma cabeça triangular e uma carapaça lisa, redonda e coberta de manchas negras. Essas manchas são bem visíveis em tartarugas jovens, mas desaparecem com a idade. A tartaruga possui um nariz longo e fino,  e pequenas estruturas no formato de cones na parte frontal do casco. 

6. A tartaruga pescoço de cobra


Encontrada nos lagos da Austrália, a tartaruga pescoço de cobra recebe esse nome devido ao seu pescoço extremamente longo.   As tartarugas australianas ganharam o nome de pescoço de cobra também por causa do odor que exalam quando se sentem ameaçadas. 

5. A tartaruga-mapa de calombos pretos




Essa espécie pertencente ao gênero Graptemys é conhecida como tartarugas-mapa. Entre elas, estão as Graptemys nigrinoda, uma espécie de pequena tartaruga aquática encontrada nos rios de água doce dos estados de Mississippi e Alabama, nos Estados Unidos.

4. A tartaruga de cabeça grande


Os exemplares desta curiosa espécie de tartaruga são encontrados no Sudeste Asiático. Sua característica mais evidente é a sua enorme cabeça. Além disso, os animais possuem um casco inclinado e liso de cor marrom. 

3. A tartaruga nariz de porco


Originária da ilha de Nova Guiné e da Austrália (Oceania), a tartaruga nariz de porco é a única espécie de água doce que possui nadadeiras, tal como as tartarugas marinhas (de água salgada). Sua característica mais notável, entretanto, é o seu nariz, que se assemelha ao de um porco. 

2. A tartaruga de barriga vermelha e pescoço curto


São encontradas na Austrália e em Papua Nova Guiné (Oceania). Seu casco possui a cor laranja nas bordas e na parte de baixo (a coloração é muito mais brilhante em tartarugas mais jovens). A cor desbota à medida que envelhecem, mas as tonalidades alaranjadas ainda podem ser vistas claramente em adultos.

1. A tartaruga africana de capacete


São nativas do continente africano e possuem uma grande distribuição desde Gana, no noroeste da África Subsaariana, até a Cidade do Cabo, na África do Sul, extremo sul do continente. As tartarugas também podem ser encontradas na ilha de Madagascar e até na Península Arábica.
Os exemplares desta espécie produzem um odor forte a partir de suas quatro glândulas especializadas nesta função, localizadas próximas às suas patas. O cheiro é intolerável para cavalos e seres humanos. Quando as fêmeas põem ovos, elas selecionam o local mais adequado e, em seguida, urinam na região para amaciar o solo, tornando mais fácil o ato de cavar.

Bônus: A tartaruga alada indiana


Elas possuem duas pequenas estruturas embaixo de seu casco que são semelhantes a asas – daí a origem do seu nome comum.  O mais peculiar, no entanto, é a sobra de pele que os indivíduos apresentam embaixo de seus cascos, que cobre seus membros quando eles estão retraídos. 

Agora, conheça  as Dez espécies de tartaruga mais ameaçadas de extinção, no mundo. 

TARTARUGA DO PÂNTANO 


Essa tartaruga minúscula – COM cerca de 10 centímetros de comprimento – vive no leste dos EUA.  Os prados e outros pequenos pântanos de seu habitat natural desapareceram. Hoje, existem apenas algumas pequenas populações dispersas dessa espécie.

Clique no link abaixo para conhecer todas:
Vamos praticar ?  Atividades 
1) Quais foram as três espécies de  tartarugas mais bizarras para você ?  Escreva uma pequena historinha sobre  cada uma delas.  Não esqueça de desenhar as escolhidas.  2) Cite as três espécies de tartarugas mais ameaçadas de extinção no mundo. Tente desenhá-las.