sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Mitos do Folclore Brasileiro Reunidos na Assembleia dos Mitos. Interpretação de Texto


Lendas,  fábulas,  mitos, historinhas são excelentes recursos para trabalhar leitura e interpretação de textos, tornando a tarefa mais fácil para o professor e o aluno. 

O folclore brasileiro é muito rico em tradições folclóricas, que podem ser úteis ao professor, não apenas no mês de agosto, quando no dia 22 celebramos o Dia do Folclore, mas em qualquer época do ano.

O texto Assembleia dos Mitos reúne os principais personagens das nossas lendas regionais, um ótimo recurso a ser explorado, fechando o estudo das mesmas em sala de aula. No final tem uma relação de posts que trazem as lendas aqui citadas e outras manifestações folclóricas.  Espero ter ajudado. 

Assembleia dos Mitos

Reunidos em assembleia na grande clareira da mata, estavam os principais mitos do folclore brasileiro. Da Amazônia vieram o Curupira, o Anhangá, a Matintapereira, que vira passarinho quando quer, o Boto, que atrai as mocinhas para namorar dentro d’água, a Boiúna e o Mapinguari.

Do Nordeste vieram o Quibungo e o Capelobo. Da Mata Atlântica, a Caipora e o Gigante Bicho-Homem. Do Sul do Brasil veio o Boitatá, e do rio São Francisco, o famoso Caboclo d’água. Isso sem falar da Mula-sem-cabeça e do Lobisomem, que moravam em uma fazenda ali perto mesmo. 

A assembleia já estava começando quando chegou o Curupira todo afobado. Acabara de chegar do Amazonas montado em um porco-do-mato. O porco estava cansadíssimo.

Inicialmente foi eleito um novo presidente da ASFOBRA (Associação dos seres do folclore brasileiro), que deveria presidir a assembleia. Dos dois candidatos, o Lobisomem e a Mula-sem-cabeça, foi mais votado o Lobisomem, mesmo porque se concluiu que a Mula não tinha cabeça para presidir a assembleia. 

Ela quis impugnar a eleição, alegando que o Lobisomem era um mito europeu, mas ele provou que já estava naturalizado brasileiro. Assim, o Lobisomem foi eleito presidente da ASFOBRA  e passou a presidir a assembleia. 

Inicialmente deu as boas-vindas aos mitos presentes e logo colocou em discussão o primeiro e único item da pauta: conservação dos mitos do folclore brasileiro ameaçados de extinção. 

Lembrou que a maioria da população passou a morar nas cidades, a ver televisão, usar computador e outros produtos de tecnologia, esquecendo-se do folclore.

-- Principalmente os jovens – disse ele - não acreditam mais em nós. Nós só existimos na imaginação do povo. No dia em que não acreditarem mais em nós, deixaremos de existir. Por isso, estamos todos ameaçados de extinção e, como ninguém faz nada, nós mesmos vamos ter que defender nosso direito à existência.

Todos aplaudiram. Em nome dos mitos da Mata Atlântica, tomou a palavra o Gigante Bicho-Homem. Muito emocionado e com o único olho cheio de lágrimas, começou a falar:

-- Antigamente, as matas do sul da Bahia eram cheias de Bichos-Homens. Nós éramos temidos e respeitados. Vivíamos felizes e todos acreditavam que nós existíamos. Com a destruição da mata, os Bichos-Homens estão acabando. 

Os últimos que ainda existem estão no Parque Nacional do Monte Pascoal, e só os índios Pataxós e alguns caboclos acreditam neles.

-- Nós também estamos ameaçados – disse o Caboclo d’água. – Nosso maior problema é a poluição dos rios. Tem amigo meu com asma e o corpo todo cheio de perebas de tanta poluição. Não dá para viver mais assim.

-- Isso mesmo – disse o Boto. – Há pouco tempo, eu atraí uma linda índia para namorar comigo dentro do rio, mas ele estava tão poluído que ela fugiu.

Animado com aqueles depoimentos, o Curupira, que era um pouco tímido, criou coragem e fez uma queixa:

-- Vocês sabem que a minha obrigação e a de minha colega Caipora é proteger as matas e os bichos. Mas não estamos dando conta de tanto trabalho. Tenho constantes crises de dor de cabeça e dor no peito. 

O médico disse que é estresse e me aconselhou a tirar férias. Mas cadê tempo? O fato é que não aguento mais lutar contra caçadores e motosserras.

Depois de muita discussão, a assembleia decidiu designar uma comissão para redigir o documento a ser encaminhado ao governo, pedindo medidas energéticas para proteção dos mitos do folclore brasileiro ameaçados de extinção.

Fonte: Outra Perna do Saci, de Ângelo MachadoRio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001. 
Disponível em:    https://docslide.com.br/documents/6por02.html


Atividades - Interpretação de texto 

1) Que mito presidia a Assembleia?                            

2) Segundo o presidente da assembleia, quando os mitos do folclore deixarão de existir?

3)Separe, por região, os mitos que participaram da reunião.

a) Região Norte   ______________________________________
b) Região Nordeste  ____________________________________
c) Região Centro-Oeste   ________________________________
d) Região Sudeste  _____________________________________
e) Região Sul         _____________________________________

4) Cite duas características físicas que tornam o bicho-homem diferente do homem normal.
5) ) Os mitos convivem com problemas ambientais. Enumere-os.
6) Dê o significado da sigla ASFOBRA, que parece no texto. 


Amplie seus conhecimentos. Clique nos links abaixo:

Folclore e Cultura Brasileira. Lendas indígenas: a lenda do curupira ou da caipora e a lenda do milho. Quadrinhas e adivinhações. Atividades




Peça Teatral: O Curupira e Seus Amigos da Floresta Unidos pelo Meio Ambiente. Atividades





22 de Agosto Dia do Folclore. Personagens lendários e mitológicos do folclore 


brasileiro. Festas e Artes populares



O Que é Folclore? Ditos Populares. Parlendas Ilustradas. Superstições. Adivinhas. Cantigas de Roda. Danças Folclóricas. Atividades



Todas as Imagens são do Google

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O Que é Folclore? Ditos Populares. Parlendas Ilustradas. Superstições. Adivinhas. Cantigas de Roda. Danças Folclóricas. Atividades


Folclore é o conjunto de tradições e manifestações populares. 

Exemplos: lendas,  mitos, provérbios ou ditos populares, adivinhas, superstições ou crendices, cantigas de roda, danças e costumes, transmitidos de geração a geração. 

As tradições folclóricas vêm das camadas mais simples da sociedade. São anônimas,  isto é, não tem autores definidos, são espontâneas, duráveis, antigas ou tradicionais. São heranças culturais, transmitidas oralmente,  de uma geração a outra.

A palavra folclore vem da fusão de dois termos de origem inglesa: folk e lore. Folk quer dizer povo e lore saber, conhecimento. Portanto, folclore  significa sabedoria popular. 

O termo folclore  foi utilizado pelo arqueólogo inglês  Ambrose Merton, pseudônimo de William John Thoms, em uma carta endereçada à revista The Athenaeum, de Londres, publicada no dia 22 de agosto de 1846 (século XIX). Por isso, o Dia do Folclore no Brasil,   é comemorado nessa data.

Todo  22 de agosto temos muitas comemorações no Brasil. Nas escolas e centros culturais são realizadas atividades que destacam  contos folclóricos e seus principais personagens, como os das lendas do  Saci-Pererê, da Mula-sem-cabeça, do Curupira, do Boto Cor de Rosa, do Boitatá,  da Iara, do lobisomem etc,  além de danças regionais, brincadeiras, como as parlendas, adivinhas, cantigas de rodas   e outras celebrações folclóricas.

Em 1965, o Congresso Nacional Brasileiro oficializou o 22 de agosto como Dia do Folclore Brasileiro,  com o objetivo de valorizar as histórias e os personagens do nosso folclore. Assim, a cultura popular ganhou mais uma forma de ser preservada e  transmitida de geração a geração.
Conheça algumas manifestações do folclore brasileiro. Aprenda a  ler,  escrever e interpretar de forma divertida. Feliz dia do folclore !  
                                                          
                                                     Cantigas de Roda 


As cantigas de roda são músicas folclóricas cantadas em uma roda. São também conhecidas como Cirandas. Representam os aspectos lúdicos das manifestações socioculturais populares. Essas canções infantis não têm autor, ou seja, as letras consistem em textos anônimos que se adaptam e se redefinem ao longo do tempo.

Pelo fato de serem cantadas e dançadas nas brincadeiras infantis, seus textos são simples, repetitivos e ritmados, com o objetivo  de facilitar a aprendizagem por meio da fixação. 

Assista ao vídeo  Ciranda Cirandinha  DVD Galinha Pintadinha 3 -OFICIAL 2,28 min. 
                                                                                  
Ciranda, Cirandinha
Vamos todos cirandar
Vamos dar a meia volta
Volta e meia vamos dar

O Anel que vós me destes
Era vidro e se quebrou
O amor que tu me tinhas
Era pouco e se acabou

Por isso dona (nome da criança, uma após a outra)
Faz favor de entrar na roda
Diga um verso bem bonito
Diga adeus e vá embora


As Danças Folclóricas Variam nas Diferentes Regiões Brasileiras

1-Região Nordeste: frevo, bumba-meu-boi, maracatu, baião, capoeira, caboclinhos.
2-Região Norte: marujada, carimbó, boi-bumbá.
3-Região Centro-Oeste: tapiocas, reisado, folia de reis, cavalhada, cururu e tambor
4- Região Sul: congada, cateretê, baião, chula, chimarrita, jardineira.
5- Região Sudeste:  fandango, folia de reis, catira e batuque. 


Fandango -  dança folclórica das Regiões Sudeste e Sul. É de origem espanhola.
Congado, também conhecida como Congo ou Congada - Dança da Região Sudeste. 
Manifestação cultural de origem africana com influências religiosas católicas, com dança e batuque no coroação do rei do Congo, em um cortejo com passos e cantos.


Cavalhada -  manifestação cultural de cunho religioso . É de origem espanhola, associada a batalhas dos cristãos contra os mouros.  A batalha é composta por dois exércitos: o cristão representado pela cor azul-turquesa e o mouro representado pela cor vermelha. A luta conta com dezenas de cavalos e cavaleiros que têm por objetivo salvar uma princesa presa em uma torre permanentemente vigiada.

Bumba meu boi  no Nordeste e   boi-bumbá na Amazônia. Também  boi-surubim no Ceará e boi-de-mamão, em Santa Catarina. Na seqüência coreográfica, apresentam-se vários personagens, celebrando sempre o “boi”, um personagem muito festejado no Brasil rural.
O boi é um personagem muito próximo do brasileiro, e passou a fazer parte da imaginação do nosso povo, sendo homenageado de várias formas. 

Dança da marujada no município de Bragança, no Estado do Pará, Região Norte do Brasil. Lá, homens "marujos" e mulheres "marujas" percorrem a cidade imitando o balanço de um barco na água. A dança é comandada pelas mulheres e acompanhada musicalmente pelos homens, que usam violas, rabecas, violinos, tambores e cavaquinhos. 


Superstições ou crendices 
Superstição é uma espécie de crendice popular que não possui explicação científica. As superstições são criadas pelo povo e transmitidas  de geração a geração.
Por desconhecer as causas e efeitos de determinados fenômenos científicos, muitas pessoas atribuem explicações sem sentido racional e, portanto, falsos.


As superstições podem, muitas vezes, atrapalhar a vida das pessoas. Podemos citar como exemplo o caso de uma pessoa que deixa de fazer determinadas coisas num dia de sexta-feira 13. Não há nenhuma explicação científica que prevê que este dia atrai azar, porém muitos indivíduos acreditam nisso como se fosse uma verdade. Isto é uma superstição que acaba atrapalhando a vida de uma pessoa.
 
EXEMPLOS DE SUPERSTIÇÕES DO FOLCLORE BRASILEIRO:

Passar por debaixo de uma escada traz azar.
Quebrar um espelho resulta em sete anos de azar.
Cite outras crendices  que você conheça.

Provérbios ou Ditos ou Ditados  Populares 

Tem vários nomes: provérbio, ditado, dito, adágio, máxima, aforismo, etc. É uma frase com poucas palavras, que encerra um princípio moral, um ensinamento ou um indicativo para reflexão. 
Há séculos,  transmitem exemplos morais, filosóficos,  religiosos, e constituem uma parte importante de cada cultura. Historiadores e escritores sempre tentaram descobrir a origem dessa riqueza cultural, sem sucesso. O escritor Luís da Câmara Cascudo já dizia que: “os ditados populares sempre estiveram presentes ao longo de toda a História da humanidade”.
Conheça alguns provérbios ou ditos populares. Cite alguns que você conheça:



 Vamos praticar?   
Escreva um texto explicando os significados dos ditos populares acima.

Adivinhas, adivinhações ou "o que é, o que é" ?


As adivinhas, também conhecidas como adivinhações ou "o que é, o que é" são perguntas em formato de charadas desafiadoras que nos fazem pensar e nos divertir.

São criadas pelas pessoas e fazem parte da cultura popular e do folclore brasileiro. São muito comuns entre as crianças, mas também fazem sucesso entre os adultos. Na antiguidade, eram muito usadas como desafios aos homens para provar a sabedoria que possuíam.

Alguns exemplos de adivinhas


1- O que é que é surdo e mudo, mas conta tudo?

2- Ele é magro pra chuchu, tem dentes mas nunca come e mesmo sem ter dinheiro, 

dá  comida a quem tem fome?

3- O que é que passa a vida na janela e mesmo dentro de casa, está fora dela?

4- O que é o que é feito para andar e não anda?

Respostas  1-  o livro; 2- o garfo;  3- o botão; 4- a rua.  Pesquise outras e  divirta-se.

Parlendas Ilustradas
As parlendas são formas literárias tradicionais originárias da tradição oral, e que são recitadas em brincadeiras de crianças. Algumas parlendas são muito antigas e fazem parte do folclore brasileiro. Podem ser utilizadas em sala de aula, propiciando aprendizagem e divertimento. Veja algumas das mais conhecidas abaixo, e que as crianças gostam muito: 







ATIVIDADES 

1- Gostou das informações? Já conhecia as parlendas? Escreva a que mais lhe agradou;
2- Crie uma parlenda. Pode ser em dupla ou em grupo de quatro coleguinhas;
3-  Fale sobre a origem da palavra folclore.
4- Em que data celebramos o folclore no Brasil ?
5- Cite: a) nomes de três lendas e de quais regiões do Brasil  fazem parte;
b) três danças folclóricas e suas  respectivas regiões; 
6- Cite dois ditos populares e diga o que significam; 
7- Pinte os personagens do provérbio abaixo (olho por olho, dente por dente).   Escreva um texto sobre o mesmo, dizendo se você concorda ou não, e porquê. 

Alguns dos sites pesquisados:
http://www.belem.pa.gov.br/ver-belem/detalhe.php?p=322&i=1
http://www.suapesquisa.com/religiaosociais/supersticao.htm
https://plenarinho.leg.br/index.php/category/cultura/

Todas as imagens são do Google 

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Educação Infantil. Noções de Quantidades, Masculino e Feminino, Singular e Plural Através de Imagens. Atividades


Imagem
Trabalhar noções de quantidades, masculino e feminino, singular e plural através de imagens, pode facilitar a compreensão dos pequenos.  A escrita em caixa alta facilita para eles. Espero que este post lhe seja útil,  colega. 


1- COPIE  NOS ESPAÇOS O QUE VOCÊ LÊ:

         MASCULINO E FEMININO .........................................................................................


                      UM HOMEM  ....................                UMA MULHER............................
                                                            UMA MENINA BONITA  SOZINHA
UMA  MENINA  E UM  MENINO   BONITOS JUNTOS .....................

                 

DUAS  MULHERES  BONITAS 

                    UM HOMEM   BONITO                                              ....................................                
................................................                                    





                    UM  MENINO   ALEGRE                                                  UM MENINO FELIZ

 ................................................................                                    ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,















        UMA MENINA    BONITA                                       QUATRO PESSOAS BONITAS

.........................................................                         ....................................................................



UMA  MENINA, UM  MENINO  E  UM   LIVRO

....................................................................................






MENINO NA ESCOLA ........................................







UMA      BANANA  
                                     

2- OBSERVE AS IMAGENS. COMPLETE COM AS PALAVRAS QUE FALTAM:


TRÊS  ....................... .......                                                      
 

   



   


 UM ABACATE                                            DOIS .........................................


3- ESCREVA SINGULAR OU PLURAL DE ACORDO COM AS IMAGENS:






..........................................................................

        ...................................................................................

















,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,



.......................

                                                                                                                                                                                                       
4- ESCREVA MENINO OU MENINA,  DE ACORDO COM AS IMAGENS:

..................................................................                             .........................................











5- O QUE VOCÊ VÊ? ESCREVA MASCULINO OU FEMININO:

....................................                                     .....................................

6- ATENTE PARA AS IMAGENS.  ESCREVA HOMEM OU MULHER    

...................................                                    ..................................
             

 7- CONTE E ESCREVA QUANTAS PESSOAS TEM NA FIGURA      .............................


8- MAIS DE UMA PESSOA OU OBJETO É SINGULAR
OU PLURAL?          .............................



9-OBSERVE  AS  IMAGENS. VOCÊ VÊ UM GAROTO E UMA GAROTA. CERTO  OU  ERRADO ? ......................

 ESCREVA AS PALAVRAS MASCULINO E FEMININO.

............................................................................




10- ESCREVA O FEMININO DAS PALAVRAS ABAIXO:

HOMEM -                                     GAROTO -                            MACACO -

MENINO -                                     PATO       -                             GATO -

11- PASSE PARA O PLURAL;


HOMEM -                                     GAROTO -                            MACACO -

MENINO -                                     PATO       -                             GATO -

12- PASSE PARA O SINGULAR:

PATOS -                                                         MENINOS -
BOLAS -                                                       MENINAS -
MULHERES -                                               HOMENS  - 

13- Observe as imagens. Qual ou quais você mais gostou ? Crie e escreva  uma linda historinha com as imagens escolhidas. Não se esqueça de ilustrar com belos desenhos. 

Todas as imagens são do Google
Palhaços: http://fabibelainfancia.blogspot.com.br/p/decoracoes-de-festas.html

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Africanidades. Alfabeto Quilombola. Atividades


Esse Alfabeto  integra o material Didático usado nas Comunidades Quilombolas para facilitar o aprendizado de crianças e adultos das escolas dessas Comunidades.  O material didático para Comunidades Quilombolas foi registrado no III Encontro da Consciência Negra da Comunidade Quilombola Baú de Araçuaí, Minas Gerais.

A Constituição Brasileira  de 1988  reconheceu os direitos das comunidades quilombolas, o que obriga o governo  a dar aos descendentes dos escravos os títulos de propriedade dos quilombos, que são as terras ocupadas por seus antepassados. Além disso, o governo é responsável por garantir todos os direitos dos cidadãos nos quilombos, o que inclui saúde, cultura e educação.


Fonte: Educação e Transformação. Acesso em 22/05/2017

ATIVIDADES
1. Você gostou desse alfabeto? O que mais lhe chamou atenção?
2. Releia o alfabeto. Preste atenção nas figuras e nos  nomes de cada uma delas.
3. Escreva no quadro abaixo: 1) as  vogais; 2) as consoantes; O total de vogais, consoantes e o total de letras do alfabeto.  
As Vogais
Total de Vogais    .......
1)

As Consoantes
Total de Consoantes .......
2)
Total de Letras do Alfabeto........

4. Escreva as palavras que começam com as seguintes vogais: A - E - U
........................................................................................................................................................
5. Escreva as palavras do  que começam com as  consoantes: B -  S -  Z
........................................................................................................................................................
6. Copie as seguintes palavras do alfabeto: Horta - Liberdade - Tambor 
.........................................................................................................................................................
7.  Copie a palavra que começa com a primeira letra do seu nome.................................................
8. Copie a palavra que tem a última letra do seu nome...................................................................
9. Pinte os números de 0 a 9 usando cores diferentes:

                10. Copie os números de 0 a 9:
                     ..........................................................................
                     ..........................................................................
                     ........................................................................
                 11. Complete as palavras abaixo, que estão no alfabeto: 
                  a) Neg..............          b)  Qui................... c) Pil...........
                 12. Separe as sílabas dessas três palavras que você  completou. 
Jequi



13. Copie  a palavra  Jequi ............................

Você sabe o que  é Jequi ? 

É uma armadilha  para pegar peixes. Foi  criada pelos índios do Vale do Rio Jequitinhonha, região que fica no norte do estado de Minas Gerais. 
Todas as imagens são do Google.