domingo, 12 de junho de 2016

Cultura Nordestina. O povo, as festas populares, arte e tradição nas Cores de Eduardo Lima. Biografia do artista. Atividades

O Brasil  é dividido em cinco regões geográficas: Região Norte, Região Nordeste, Região Centro-oeste, Região Sudeste e Região Sul.  Tem  26 estados e mais o Distrito Federal - Brasília, que é a capital do pais, num total de 27 unidades federativas, distribuídas nessas cinco regiões.

A Região Nordeste tem nove estados, todos banhados pelo mar. São eles: Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão. A diversidade étnica e cultural foi herdada de diferentes povos que formaram o povo brasileiro, a exemplo dos indígenas, europeus e africanos, cujas influências estão presentes  no artesanato, nas artes plásticas, culinária, música, dança, literatura, teatro etc.  Identifique os estados nordestinos no mapa do Brasil. 

Mapa político do Brasil. A Região Nordeste e Seus Nove Estados



Vamos conhecer agora  algumas das tradições  culturais nordestinas representadas na Arte do artista plástico baiano Eduardo Lima, nascido na cidade  de Capim Grosso e radicado na cidade de Barreiras, no Oeste da Bahia. Acompanhe !
Paisagem nordestina: o mandacaru e suas flores
O sol clemente mata a flora (plantas) e a fauna (animais).
O nordestina reza e clama a Deus, pois é acima de tudo, um forte.
Repartindo o pão. Confraternização na varanda de casa 

A culinária do Nordeste é bem diversificada e destaca-se pelos temperos fortes e comidas apimentadas. Entre os pratos típicos, destacam-se: carne de sol com feijão verde, buchada de bode, sarapatel, acarajé, vatapá, caruru, canjica, tapioca,  frutos do mar, etc. As frutas também são variadas, destacando-se: pitomba, manga, araçá ou goiaba, graviola, seriguela, umbú, buriti, cajá, macaúba etc. 
Debulhadores de feijão.
Familiares, vizinhos e amigos na alegria da colheita
Festas e Tradições Nordestinas 


1- As festas juninas - representam um dos elementos culturais do povo nordestino. Essa festa é composta por música caipira, apresentações de quadrilhas, comidas e bebidas típicas, e muita alegria. Homenageia três santos católicos: Santo Antônio, São João e São Pedro. As principias festas juninas da região Nordeste ocorrem nas cidades de Caruaru em Pernambuco  e Campina Grande na Paraíba.
Festejo junino.  Dançando quadrilha no "arraiá". 
Óleo sobre tela. 80 x 10
Quadrilha Junina. Óleo sobre tela
Casamento na roça: encenação nas festas juninas
durante a dan
ça da quadrilha
Forrozeiros (músicos de forró) nordestinos 
A Dança do Xaxado . Óleo sobre tela, 80 x 100 
2-  O  xaxado - é uma dança típica do Nordeste, originário das cidades Pajeú e Moxotó no interior de Pernambuco. Sua origem tem muitas versões, mas as características da cultura indígena são muito evidentes. Alguns autores afirmam que se trata de uma adaptação de danças portuguesas. Seu nome é atribuído ao som que as alpercatas dos dançarinos produzem quando arrastadas no chão durante a dança, soando "xa-xa-xa". 
Festa de Reis ou Reisado

3- Festa de Reis ou Reisado ou Folia de Reis - é uma manifestação cultural trazida para o Brasil pelos colonizadores portugueses. É um espetáculo popular das festas de Natal e Reis, apresentado nas ruas das cidades do Nordeste, a partir do dia 24 de dezembro, quando saem os vários Reisados. Cada bairro tem o seu, e as pessoas saem fantasiadas cantando e dançando. Os participantes dos Reisados acreditam ser continuadores dos Reis Magos que vieram do Oriente para visitar o Menino Jesus, em Belém.
Festa do boi bumbá ou Bumba Meu Boi


4- O Bumba meu boi - é uma pequena dramatização,na qual um boi construído em uma armação de madeira,  coberta de pano colorido,  é morto e em seguida ressuscitado. O dono do boi, um homem branco, presencia um homem negro roubando o seu animal para alimentar a esposa grávida, que desejava comer língua de boi.
Dança do Bumba Meu Boi. 80 x 100
 Biografia de Eduardo Lima

Artista Plástico Baiano nascido em 1977 na Cidade de Capim Grosso e  radicado em Barreiras,  cidade do Oeste Baiano, lugar escolhido pelo artista para viver,  por sua história e suas belezas naturais, segundo afirma. Autodidata desde os dez anos de idade, destaca-se  principalmente pelo seu talento artístico. Já participou de diversas exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior, com suas pinturas em tela. Apaixonado pela arte e por suas raízes nordestinas, retrata através de suas pinceladas firmes e cores fortes, a simplicidade, o cotidiano, a ingenuidade e a cultura nordestina.
http://brasilescola.uol.com.br/brasil/aspectos-culturais-regiao-nordeste.htm
http://educador.brasilescola.uol.com.br/estrategias-ensino/cultura-nordesteprojeto-pedagogico.htm

2 comentários:

  1. Uau, parabéns professora Cláudia pela qualidade e diversidade das postagens. A sua contribuição continuada para o permanente desenvolvimento acessível da educação é arte de viver com generosidade, amor e afeto pelo "próximo". Você é gente que faz e faz por e para todos.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo,
    Quanta generosidade nas suas palavras de incentivo ao meu trabalho. Fico muito feliz e agradecida. Volte sempre ! Abraços !

    ResponderExcluir

Não serão aceitos palavrões nem ofensas.