domingo, 28 de abril de 2013

28 de Abril Dia Mundial da Educação. Declaração de Dakar. Educação para Todos



“Sem professores, nós não alcançaremos as metas educacionais". 
Unesco:  Semana de Ação Global 2013
“Educação básica de qualidade para todos” é o segundo dos oito Objetivos do Milênio, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) para serem atingidos por todos os países até 2015.

Hoje, 28 de abril,  comemora-se o dia mundial da educação.  A data foi criada  durante a Cúpula Mundial de Educação realizada em Dakar, no Senegal, país da África, no período de 26 a 28 de abril de 2000, que resultou no texto  adotado por aquele evento, intituladoDeclaração de Dakar. Educação para Todos – 2000. Este documento  aponta para um compromisso essencial ao desenvolvimento dos povos: a educação acessível a todas as pessoas.  Para promover iniciativas que valorizem a educação, a UNESCO  (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) promove a Semana de Ação Global 2013, que mobiliza e organiza redes em todo o mundo e tem como tema   “Sem professores, nós não alcançaremos as metas educacionais".
O Marco de Ação de Dakar Educação para Todos: cumprindo nossos objetivos coletivos.

 Educação para todos nas Américas: Marco de Ação Regional 

Os participante do  Fórum Mundial de Educação reunidos naquele abril de 2000  em Dakar, elaboraram os objetivos e as metas de educação para todos (EPT) para cada cidadão e para cada sociedade e se comprometeram a alcançá-los, o que não poderão fazer sozinhos, mas com o conjunto das comunidades de cada país ali representado, incluindo o Brasil. 
Ter um dia especialmente dedicado à Educação é uma oportunidade de mobilizar o povo  brasileiro  para uma  questão essencial ao desenvolvimento do país: a capacitação e qualificação da juventude, para os desafios de viver numa sociedade globalizada, como a que temos hoje.   Discutir o conceito de qualidade em Educação não diz respeito apenas à escola ou à Academia, mas ao conjunto da sociedade brasileira.                                                  
É fato que a educação transforma, mas ela também reproduz a sociedade com seus vícios, costumes, defeitos  e virtudes.  A escola deve ter como foco “formar cérebro e coração” onde está em jogo não apenas ensino de qualidade, desenvolver  competências e habilidades para a vida no trabalho, mas também competências de afetividade, amor  e solidariedade, unindo a inteligência e o Espírito. Assim poderemos evitar atos de violências no interior das nossas escolas, desrespeitos aos professores e ações que resultem em fatos como a violência na Maratona de Boston, nos EUA, por exemplo. 
Afinal,   “Qual a Finalidade da Educação do Século XXI" ?  São alguns pontos para a nossa reflexão, quando pensamos que temos o desafio de preparar nossas crianças e jovens para a vida num mundo globalizado.  Para que a educação se concretize na prática, não podemos esquecer  o papel da família, pois o  processo de educação começa  em casa: os pais ensinam aos filhos o que julgam ser certo e como devem se comportar.  A figura da família é complementada pela escola, que, além de ensinar a vida em sociedade, habilita o jovem para o trabalho produtivo. 
Referências
UNESCO: O Marco de Ação de Dakar Educação para Todos: cumprindo nossos objetivos coletivos. Texto adotado pelo Fórum Mundial de Educação.  Dakar,  Senegal - 26 a 28 de abril de 2000. Educação para todos:  o compromisso de Dakar.  Disponível em:  
Biblioteca Virtual de Direitos Humanos. Universidade de São Paulo- USP. Declaração de Dakar. Educação para Todos - 2000.  Disponível em: 
Ministério Público Federam  (MPF). 28 de abril dia da educação. Disponível em:
http://www.turminha.mpf.gov.br/direitos-das-criancas/educacao-e-lazer/28-de-abri-dia-da-educacao
Acesso em 28/04/2013


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão aceitos palavrões nem ofensas.